sexta-feira, 30 de setembro de 2016

SWINGING LONDON



Texto de autoria de Alceu Natali com direito autoral protegido pela Lei 9610/98. LEIA O TEXTO AO SOM DA MÚSICA DO VÍDEO POSTADO NO FIM. Sem ela, a vida seria um erro (Friedrich Nietzsche) 

Olhamos para o alto, Para um céu azulado, Desanuviado, E em nossos olhos caem esparsos pingos de chuva num dia ensolarado, Olhamos à nossa direita, Para o outro lado do Atlântico, E em nossos ouvidos penetram descriminados tons negros, Preservamos suas cores em nosso íntimo, E trocamos suas almas pelas nossas, E a Londinium dos romanos, Nivelada ao chão pela rainha Boudica, Na década de 60 de dois mil anos atrás, Deixa agora, Nestes novos e gloriosos anos 60, De ser capital de um império, Para ser o centro da efervescência cultural e artística do mundo, Trocamos nossa rainha palaciana por uma modelista, Que deixou nossas pernas à vista, Nossas roupas com matizes mais vivas, Abandonamos nossas armas, E conquistamos todos os países com nossa moda e nossos costumes, Resgatamos da antiga ilha Grega de Delos, Santuário de Apolo e Ártemis, O elixir que mantém nossas mentes abertas à percepção do desconhecido, Do inusitado, Dando-nos o poder da criatividade e originalidade, Nos tornamos modernos, Descolados, E arrojados, Substituímos nossos banjos por guitarras elétricas, E revolucionamos a música, Pondo Mozart, Beethoven e Bach para dançar em seus túmulos, Escandalizamos nossos conservadores, Incluindo os pequenos carros Mini-Coopers na frota de táxis, E usando nossa bandeira para confeccionar calcinhas, O mundo nos olha e nos ouve, E em todos os seus sentidos vibra a cidade mais avant-garde do planeta, E lhe retribuímos a admiração, Dando-lhe de presente, Os Beatles, Os Rolling Stones, E o The Who, E Deus nos agradece.